Existência

A figura nua elevada ao salpicado de estrelas que iluminam o céu nocturno pela beleza da flor de lótus simboliza a união eterna entre o Homem e a Natureza.

O corpo desprovido de qualquer veste demonstra o desapego físico e aponta o caminho da aceitação interior.

A flor de lótus dá-lhe força. É uma flor com origem na lama. A busca da luz descobre a sua pureza essencial e desvenda a importância do que somos, em vez de onde nascemos, com quem nos damos ou o que temos.

Aquela figura não está ali por acaso. Ali, entrega-se de corpo e alma à vida que a rodeia, pois assim sente-se em casa, conectada com o ser.

Esta carta inspira à paz de espírito através de uma consciência mais profunda da nossa essência e à aceitação do que a vida nos oferece. Ao desfrutar dessa sensação ela aprofundar-se-á em nós e tornar-se-á ainda mais forte. E assim, abrimos a porta à felicidade e ao amor que borbulha dentro de nós.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s