Do silêncio!

Chegaste em silêncio. Mais uma vez caí num mar de certezas inseguras, que tanto me fazem questionar a felicidade desmesurada sentida sempre que te aproximas. Ainda desnorteada pelo turbilhão de pensamentos e sentimentos que me afloram a pele quando te vejo, ausentei-me em silêncio. No regresso forcei-me a esconder-te o olhar… que tanto gostas de tocar.

A tua voz chamou a minha atenção. A doçura nela desenhou-me um sorriso na face. Foi ele que nos uniu uma vez mais durante poucas horas sentidas em segundos.

Naquele momento, dos teus olhos saiu uma luz que me aqueceu o coração e que me inundou a alma de emoção. Dos teus olhos saiu um guia que me indicou o sentimento. Ali nasce a alegria que me seduz e conquista a liberdade de ser amada.

Sinto-me livre como um pássaro por te amar!
Sinto-me livre como um grão de areia por te receber!
Sinto-me livre por caminhar consciente de cada emoção que me acompanha.

One Reply to “Do silêncio!”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s