O que me trouxe até aqui…


Tirei o dia para me desfazer de algumas coisas.
Esta limpeza foi como um olhar para dentro
Para encarar algum apego a memórias que já nem recordo mais.
Olhar para dentro faz-me questionar…
E foi assim que recebi a mensagem de hoje.
Ao rasgar folha a folha, pesquisas de outrora e ideias que já não fazem sentido, perguntei-me por que motivo o desenvolvimento pessoal é tão importante para mim…
E como resposta, uma palavra me assaltou a mente – reconhecimento!
Reconhecimento de quê, perguntam vocês…
Reconhecimento de quem sou, do efeito que crio na vida, das experiências e da aprendizagem diária e, também, reconhecimento do valor que trouxe a este mundo.
Quando nasci, passei de uma dimensão subtil a uma dimensão densa – como qualquer um de vocês – passei de um estado etérico a um corpóreo.
E assim vive a sabedoria subtil no mundo material.
Até aos quatro anos vivemos (agimos) consoante essa sabedoria.
Talvez por isso a leveza do toque de um bebé ou a ingenuidade de uma pequena criança…
Essa sabedoria é a nossa essência
Universal e subtil, que se esconde no âmago do nosso ser, rodeada de muros construídos ao longo do processo de aculturação, por que todos passamos.
Estes muros são o que são, num mundo de densidade máxima.
Essa subtileza é o que de mais genuíno temos em nós
E é, por isso, o que nos torna mais vulneráveis!
Camuflá-la é afastar de nós o que nos une à essência universal e nos leva a viver em constante procura de algo que já existe, se bem que temamos assumir.
Essa busca inquietante empurra-nos para uma vida de inseguranças, desconfianças e comparações.
Uma vida assim é uma vida sem reconhecimento
Porque quem reconhece o próprio valor e reconhece o valor dos outros não se compara
Apenas é!!!
Reconhecer é por si só um retornar à essência subtil.
Não reconhecer é caminhar para a falta de confiança, de amor-próprio e de auto-estima.
Estas perdem força e diminuem sempre que nos comparamos com alguém, em vez de reconhecer em nós e nos outros o valor que nos une!
A vida é assim um processo de construção, desconstrução e reconstrução de quem somos através de um processo de aprendizagem.
Esse processo permite-nos tomar consciência que todos acrescentamos valor, em todos os momentos da nossa vida, independentemente do papel que desempenhemos.
Cada qual tem a sua luz, a sua densidade, a sua frequência, a sua intensidade, a sua cor;
E todos juntos formamos um feixe de luz único!
A subtileza do ser é valor
Valor construtivo
Valor que cria felicidade e abundância!
Valor que acrescenta valor!
Valor que imprime leveza nas atitudes e nos comportamentos!
Valor que se conhece e reconhece!
Valor compassivo e compreensivo!
Valor que estima, que ama e confia!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s