Pequenos presentes que a vida oferece, todos os dias!


Era uma vez uma menina que adorava ler e aprender coisas novas. Passava os dias à procura de ideias novas e interessantes para absorver, através de livros, filmes, revistas, conversas, observando as pessoas no seu dia-a-dia – tudo era útil para alimentar a sua curiosidade e necessidade de conhecimento.
Embora ela não soubesse, naquela época, esse amor seria o caminho até uma de suas grandes paixões – a escrita! O mundo da escrita é onde se sente enraizada e livre, ao mesmo tempo! Sente-se quase como um grande e maravilhoso carvalho!
As raízes profundamente enraizadas, alimentando o ser com todo o tipo de conhecimento – desde as raízes através do tronco até aos galhos – apenas para partilhá-lo livremente com o mundo através da palavra.
E sim, essa menina era eu. Desde que me lembro, eu absorvo ideias e recebo insights dos eventos mais incomuns da vida e partilho-o através de pensamentos, emoções e palavras!
A minha língua materna é o português, mas cedo percebi que tenho a capacidade de aprender facilmente línguas estrangeiras. O inglês foi o primeiro. Estudei-o na escola, durante oito anos.
Mesmo assim, não me sentia confiante o suficiente para falar em inglês. Tinha medo de dizer algo estúpido. Quando em contacto com o povo britânico, ou estrangeiros que falavam inglês, escondia-me e apenas ouvia o que diziam. Para eles, eu não entendia o que diziam.
Às vezes, era engraçado. Ouvia histórias engraçadas ou apenas observações incomuns sobre algo ou alguém!
No entanto, esse medo impediu-me de interagir com pessoas interessantes e diferentes. Bem, perdi oportunidades especiais de experimentar a vida no seu máximo.
Alguns anos atrás, fui forçada a usar meu inglês como uma forma de me comunicar com um ente querido e com todos os tipos de clientes estrangeiros. Por mais de sete anos, eu falava inglês todos os dias. Isso ajudou-me a confiar em mim mesma como falante de inglês. E também me inspirou a partilhar os meus pensamentos, emoções e insights usando a língua inglesa.
Por que é tão importante partilhar isto, hoje?
Porque hoje é o dia mais importante da vida.
É o único que existe, a sério!
Ontem já se foi.
Amanhã? Não sei o que o amanhã traz.
E ultimamente vivemos com tanto medo, que não sabemos se o amanhã virá.
Essa é a principal razão pela qual eu decidi partilhar esta história, porque eu perdi oportunidades maravilhosas para viver a vida no seu máximo, enquanto com medo. Essas oportunidades estão perdidas.
Portanto, mesmo te sintas inseguro ou assustado, tenta aceitar e valorizar todos os pequenos presentes que a vida te oferece. Receba o hoje com gratidão por mais um dia nesta experiência louca de anos e anos passando por ciclos de oportunidades de aprendizagem para despertar o que te faz autêntico e genuíno!
É tudo o que vamos tirar desta maravilhosa loucura, chamada Vida!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s