A Ciência da Vida

Hoje, decidi regressar a 2003 para falar um pouco sobre o Ayurveda, o mundo em que entrei através da Yoga e da massagem ayurvédica, uma das ferramentas que utilizo nas sessões de coaching.Foi num período de impotência e frustração que ouvi pela primeira vez a palavra Ayurveda.Como sempre, acendeu-se a luz da curiosidade.Descobri que o …

O que eu acredito faz de mim quem sou!

A crença é dinâmica! As crenças estão sempre em evolução. Elas passam pelas mesmas fases que nós: são semeadas, nascem, maturam e transformam-se. Estão constantemente a influenciar os nossos pensamentos, sentimentos, comportamentos, acontecimentos e a forma como os encaramos. Por vezes são conscientes; outras vezes inconscientes. A verdade é que nos afectam constantemente. As crenças …

T.R.U.S.T

Imagine what happens when we look at the word Trust as an anagram?ToleranceRecognitionUnionStrengthTruthThus, trust happens when we have the Strength to Recognise and Tolerate the Truth that lives within the Union of two individuals.However, sometimes we can’t trust, even if there is no reason not to. It happens when we lack one of the five.I …

Livre!

Acho-te piada! Sou consciente disso. Consciente deste sentimento cheio de Luz. Faz bem, aquece a alma… Independentemente de ser correspondido. Se tiver que ser será. Se não tiver que ser Serei grata Estarei mais perto de mim mesma. É fácil amar alguém como tu. É um sentimento raro! Nunca vi nos outros a simplicidade que …

Errar por amar…

Achas possível errar por amar? Falo de amor…não falo de obsessão! Acredito no amor, no amor verdadeiro e desapegado. Acredito que esse amor é capaz de curar tudo. Até os corações mais fechados. Sou emocional e, quando gosto de uma pessoa, entrego-me. Sinto as pessoas próximas, lembro-mo delas constantemente E não seria a primeira vez …

Pobres coitados!!!

Eram quase sete da tarde. O sol ainda brilhava no céu límpido e azul. A rua estava vestida de amontoados de pessoas em constante colisão – parecia uma pista de carrinhos de choque, habituais das feiras populares: uns desviavam-se a tempo, outros desculpavam-se em silêncio.Ao fundo, vi a betinha da minha amiga Mafalda. Ela é …