Eu sou o Universo!

escrita criativa, relatos pessoais, terapia espiritual, meditação, metafísica, transformação pessoal, coaching, auto-estima, motivação, narrativa de vida

Surpreende, porque nos desperta para uma maior clareza! Clareza sobre quem queremos ser… Clareza sobre como queremos sê-lo… Clareza sobre o que faz sentido… Sentido à nossa experiência nesta Terra! 2020 está a ser um ano de renascimento. Descubro um ser novo em mim, a cada dia!

Intuição

escrita criativa, crónicas, transformação pessoal, comunicação transpessoal

A intuição é um sentido subtil que nos liga à sabedoria Universal! É uma voz segredada… É uma voz que te eleva… É uma voz que te conforta, mesmo quando te assusta. A intuição fala-te com amor. A intuição empurra-te para o amor. A intuição dá-te força para acreditar. A intuição diz “AMA-TE”!

Paixão vs. Amor

escrita técnica, ensaios

A paixão acontece quando o amor-próprio escasseia! O amor acontece quando a paixão nos acorda!

Ouçam o vosso corpo!

metafísica, dermocosmética, escrita técnica, artigos, terapia corporal, terapia espiritual

A vida é surpreendente! Dá sempre um jeito de nos apontar o caminho necessário à nossa evolução. Este toque ao acaso num cotovelo seco e áspero lembrou-me um livro maravilhoso, que há muito não abria. O teu corpo diz “ama-te”, de Lise Bourbeau, oferece-nos um ponto de vista metafísico para algumas doenças.

Encontro comigo mesma!

escrita criativa, textos curtos

Vazio… Silêncio… Quietude… Pensei que não iria gostar. Adorei! Dar-me tempo de olhar para o vazio O vazio que tanto me assustava. Abraçar o silêncio O silêncio que me irritava. Permanecer quieta, sem medo! Quando me dei tempo, encontrei-me nesse vazio, nesse silêncio, nessa quietude!

Uma ilusão qualquer!

escrita criativa, crónicas, transformação pessoal, coaching, motivação, auto-estima

Não dizemos o que pensamos. Não dizemos o que sentimos. Não dizemos o que desejamos. Não dizemos o que esperamos dos outros. Não dizemos o que os outros podem esperar de nós. E exigimos receber tudo aquilo que não somos capazes de assumir.

Quarentena

escrita criativa, crónicas, transformação pessoal, coaching, terapia espiritual, meditação, metafísica, terapia corporal, nutrição

Seja como for, concordo com a ideia que esta fase de confinamento, mais ou menos radical, é o caminho de transformações profundas na vivência humana, pois dá-nos a oportunidade de questionar como temos vivido, como temos abusado da sorte ao explorar o mundo da forma que o fazemos e como queremos viver daqui para a frente. Será que queremos continuar a viver na ilusão?

Amor é…

escrita criativa, textos curtos

Amor é ... ... a energia que oferecemos a cada ser. ... o aroma com que nos dedicámos ao mundo. ... a sensibilidade que nos alimenta o espírito. ... a luz que nos conduz pelo caminho da vida! ... a vida que nos preenche a alma!

O nosso líder!

escrita criativa, relatos pessoais, terapia espiritual, meditação, chakras, metafísica

A sensação foi estranha! Inicialmente, senti apenas cada um dos formigueiros. A certa altura, senti-me a ser trespassada por uma espiral de energia. A espiral era mais forte, mais presente, mais consciente.

A vaca

escrita criativa, textos curtos

A vaca sagrada mastiga lentamente o nutritivo repasto verde, enquanto ouve o sussurro da serena ria, que ali a acompanha sempre que enterra o focinho entre as ervas, o seu alimento de todos os dias. Calmamente, a imponente presença malhada enche o espaço de pureza, energia e harmonia.

Eu não quero voltar à vida normal!

escrita técnica, ensaios, terapia corporal, nutrição, transformação pessoal, coaching, motivação

É isso a vida normal? É difícil viver na confusão, na incerteza e na insegurança. A verdade é que, para mim, é cada vez mais difícil viver num mundinho normalizado, cheio de regras, caminhos pré-formatados e expectativas, que nem sabemos de onde vêm. Quem é que define as regras do jogo? Jogo ilusório, que passa uma ideia formatada de ser, de viver! Quem disse que para sobrevivermos temos que aceitar medidas definidas por sabe-se lá quem e impostas por um governo manietado por “forças ocultas”!? Onde está a liberdade no meio de tudo isto? Esta é a maior questão que me fica, neste período de quarentena!

O rio

textos curtos, escrita criativa

Quando pousei os olhos na harmonia que unia céu e terra, os meus lábios separaram-se e os meus olhos cintilaram a par da luz que me percorria o corpo. O meu peito desesperava por mais. A cada inspiração absorvia a consciência natural que me abria cada poro. E a cada expiração libertava sentimentos, pensamentos… um pouco de mim. Senti-me num momento único de união perfeita com o universo… livre, serena e feliz, como um rio a seguir o seu curso, focado apenas na missão que transporta.

Pequenos presentes que a vida oferece, todos os dias!

relatos pessoais, escrita criativa

Por que é tão importante partilhar isto, hoje? Porque hoje é o dia mais importante da vida. É o único que existe, a sério! Ontem já se foi. Amanhã? Não sei o que o amanhã traz. E ultimamente vivemos com tanto medo, que não sabemos se o amanhã virá.

Sete contos para ti!

escrita de ficção, contos

A escrita é vital para mim. É através das palavras que me descubro e reinvento. Inspiro-me nas pessoas, nas experiências, nas oportunidades, nos sentimentos e nas emoções que a vida me oferece a cada dia. Hoje, partilho, no link abaixo, as estórias escritas na última década. Espero que te ajudem a lidar com este momento de recolhimento obrigatório. Grata por te ter na minha vida! Diverte-te!

Ser artista

escrita criativa, textos curtos,

Ser artista é partilhar. Partilha autêntica, verdadeira e consciente. Partilha das impressões e as emoções que se obtém do mundo. Ser artista é criar nos outros um sentimento de liberdade. Liberdade para sonhar, aprender e viver.

Tudo bem

escrita criativa, poesia

Sabes, por vezes encontro sentido nesse teu vazio! E é por esse sentido que desisto! Desisto de forçar Desisto de querer que assumas a importância que tenho na tua vida! Tantas vezes senti me senti a mais… E não preciso disso! Não quero ser um peso! E sei que não sou! No entanto, tu sentes que o sou, por isso desisto! Desisto de assumir a tua responsabilidade. Agora, assumo apenas a minha. A minha responsabilidade é ser feliz E quero comigo quem também faz por ser feliz!

A rocha

textos curtos, escrita criativa

No seu corpo duro e imóvel, o tempo vai escrevendo novas histórias. A cada dia surge uma nova… Cada marca representa uma vida longa e autêntica. A rocha conta momentos simples e inesquecíveis, vividos pelas inúmeras gotas de água das chuvas, que lentamente deslizaram a sua vida, ao som do vento que as acompanhava.

Fiquem em casa!

escrita criativa, crónicas

O que demonstra um desconhecimento enorme do impacto que este vírus está a provocar e dos grupos de risco identificados pelas entidades competentes. No entanto, pior do que a ignorância é o preconceito estúpido a que se recorre para justificar o injustificável. Medo disto?!

Sê consciencioso!

crónicas, metafísica, motivação, transpessoal, escrita criativa, terapia espiritual, transformação pessoal, coaching

Ser Uno! Não é união. É Unidade! Cada um de nós é uma pequena partícula, que contém em si a magnífica subtileza de Ser! Cada partícula é parte desta Unidade e contém em si a magnitude de Ser Unidade. Por isso, não é preciso união. É preciso tomar consciência que tudo o que fazemos, dentro de nós ou à nossa volta, vai ter uma repercussão no todo que somos. Porque cada um de nós contém em si o todo que compõe o mundo.

Aproveita!

escrita criativa, textos curtos

Entramos neste mundo despidos de tudo, apenas com espírito de descobridor e rápido percebemos que a vida nos prega partidas constantemente. Aos poucos começamos a questionar que raio fazemos aqui. Por que motivo nascemos? Qual o sentido de todas estas experiências? Sem querer descobrimos que a vida é apenas mais uma oportunidade de aprender tudo de novo, através de experiências diferentes!

Deixa fluir!

coaching, auto-estima, relatos pessoais, escrita criativa, terapia espiritual, meditação

E por que motivo não conseguia valorizar-me? Por que motivo me sentia tão indigna? Por que tinha uma percepção distorcida de mim mesma e era incapaz de me amar sem sentir culpa, medo ou inconsistência. Vivia crente que não era suficiente! Tinha que ser perfeita para ter valor.

Sou Amor!

escrita de ficção, contos

«Roma! Parabéns amigo!» «Octávio, já te disse que não me chamo Roma! O meu nome é Amor.» «Ya meu, vou mesmo chamar Amor a um gajo! Que raio de ideia!» - os quatro amigos riem - «Agora vou andar por aí “Oh Amor”. Roma é muito melhor!» (visivelmente incomodado) «Não percebo porquê! É exatamente a mesma palavra, só que ao contrário.» «Roma é muito mais forte, potente, mais de homem…» «E pelo menos não rima com fedor, terror, com…» - avança o Marco. «Estupor, pavor…» - reforça o António. «Horror…» - carrega o Rodrigo. «Pelo menos aprendem palavras novas. A professora de português vai gostar de saber. Mas o meu nome é Amor e não gosto que me tratem por outro nome!»

Reconhecimento… Estima… Amor

escrita criativa, relatos pessoais, transformação pessoal, coaching, auto-estima

Por isso, tenho muitas dúvidas; Questiono-me muito se o que estou a fazer faz sentido ou se é uma perda de tempo… Se toda a energia que estou a dedicar a determinadas actividades e experiências é um investimento ou um desperdício de energia. Tudo isso leva-me a olhar para trás e a perceber o caminho que fiz até aqui. A menina que existiu lá atrás As várias mulheres que fui como criança, como adolescente, como adulta As características não assumidas para não dar parte fraca Os preconceitos e as crenças surreais que me levaram a vivências dolorosas, enriquecedoras e desconcertantes As mágoas que deixei que me pesassem por anos e anos!

Recria-te!

escrita de ficção, contos

«Ok. É justo! Só podemos exigir aquilo que somos capazes de cumprir.» - procurava ganhar tempo - «Então, hãããã… Rúben… eu aceitei a tua abordagem por mensagem porque…» - respirou fundo, escondendo o olhar no chão - «Sentia-me sozinha, precisava de atenção, sentia necessidade de ser desejada e enfim… o facto de ser por mensagem fazia sentir-me em segurança.» «Doeu?» «Não. Até me sinto mais aliviada.» «Óptimo! A tarefa que o Rúben escolheu para ti foi a mesma. Estão em sintonia!» - o Ayur a provocar os dois com um sorriso irónico - «Então Rúben? Disposto a cumprir a tarefa?» «Lá terá que ser!» «Podes sempre dizer que não.» «Não… quero cumprir a tarefa! E queria que a Ana fosse verdadeira sobre o que pensou ontem à noite quando vimos aquele fenómeno da natureza mesmo debaixo da varanda do quarto dela.» - inspirou fundo e procurou coragem dentro de si - «Eu pensei nela! Pensei que o mar estava a dizer que somos duas rochas separadas pelas ondas e pela areia, se bem que unidas por um coração gigante e perfeito. E também que o que mais nos separa é também o que mais nos une! Eu não sou perfeito e tu também não… a verdade é que eu adoro as tuas manias de perfeição imperfeita!» «Rúben…» - estava sem palavras. «Não precisas de dizer nada. Temos muito tempo para falar sobre tudo isto. Não será aqui com certeza.»

Continua a acreditar!

escrita criativa, crónicas, transformação pessoal, coaching, comunicação, não violenta, transpessoal, programação neuro-linguística, auto-estima, motivação

Quem rejeita, rejeita-se a si mesmo! Procura rejeitar, afastar as confusões, os conflitos, os medos, as crenças, os preconceitos que leva a sentir-se completamente perdido dentro de si mesmo! Eu não consigo desistir dos outros!

Profundamente grata!!!

relatos pessoais, escrita criativa

Do nada, vi um ligeiro de carga a dar várias voltas no ar. Ainda hoje não consigo perceber o que aconteceu… Esse voo aproximou-se a alta velocidade do separador central que me separava dele. A minha primeira reacção foi tirar o pé do acelerador Não tinha para onde fugir – estava na faixa da esquerda, a ultrapassar um camião. E numa fracção de segundos, carreguei no acelerador a fundo… O condutor do camião encostou-se à lateral direita e reduziu a velocidade; aproveitei a oportunidade para fugir para a direita. O ligeiro de carga bateu no separador central e manteve-se do lado de lá. Respirei de alívio!

Que dia!

escrita criativa, relatos pessoais, terapia sensorial, aromaterapia, transformação pessoal, coaching, narrativa de vida

Que dia surpreendente! Fechei os olhos durante uns minutos e procurei relaxar… Digo que procurei, porque não relaxei. Saí do carro e caminhei em direcção ao mar. Estava um vento frio e desconcertante! Não conseguia sentir o meu corpo. Respirar então… Impossível! Voltei para o carro Queria aquecer-me e recuperar os sentidos Recuperar o meu olfacto Recuperar a minha consciência… Levei a minha écharpe até ao nariz E senti um aroma maravilhoso Lembrei-me da sinergia de óleos que passo no corpo, todos os dias! Aquele aroma indescritível fechou-me os olhos O toque das pestanas empurrou-me para o vazio, o silêncio, a paz!

Comunicação

escrita criativa, textos curtos

A comunicação é como a vida, dividida em tempos e espaços. A escuta equivale à infância, em que o espaço é livre e o tempo eterno. A ponderação equivale à adolescência. Abrem-se e encontram-se os espaços, se bem que diversificam-se os caminhos; já o tempo é efémero. A fala equivale à vida adulta. Há tanto o que fazer, pouco tempo e espaço, que se torna complicado passar a mensagem. Logo, escuta muito, pondera um pouco e fala com clareza!

E que venha 2020!

escrita técnica, artigos, transformação pessoal, arquétipos, numerologia

E o ano de 2019 mostrou-me isso mesmo… Abriu-me oportunidades de tomar consciência do que é fundamental para mim.

O que me trouxe até aqui…

Universal e subtil, que se esconde no âmago do nosso ser, rodeada de muros construídos ao longo do processo de aculturação, por que todos passamos. Estes muros são o que são, num mundo de densidade máxima. Essa subtileza é o que de mais genuíno temos em nós E é, por isso, o que nos torna mais vulneráveis! Camuflá-la é afastar de nós o que nos une à essência universal e nos leva a viver em constante procura de algo que já existe, se bem que temamos assumir.