Internem-me! Só posso estar louca!

A máscara que uso é o desejo de me aproximar e o medo que me mantém afastada.

Livro que une o amor e o preconceito pelo futebol como mote para uma abordagem leve, criativa e positiva das crenças que muitas vezes nos impedem de ser feliz.

Esta é a estória de Rodrigo e de Sofia. Lado a lado, se bem que de costas voltadas. Procuram acalmar a raiva, a emoção ou, simplesmente, a insegurança que ambos sentem.

A Sofia não quer acreditar que caiu numa esparrela lançada por um jogador de futebol. Para Rodrigo, ela representa tudo o que sempre criticou numa mulher… o preconceito, a impulsividade, a estravagância.

Quem sairá vencedor desta disputa? Será o preconceito que os aproximou? Será o medo que os afasta? Ou será o amor que tanto os seduz?