Recria-te|

«Somos todos assim – imperfeitos, turbulentos e moldados pelas “rochas” da vida». E mesmo assim, da imperfeição nasceu a união perfeita.

Conto que une o amor com a massagem ayurvédica num fim-de-semana de recriação plena.

Ana é uma jovem mulher solitária insatisfeita com a vida que leva. No dia em que conhece Ruben, vê de relance uma palavra num outdoor que imprime nela o desgaste de uma vida sem sentido. Ruben não deixa a melhor primeira impressão. Essa precipitação de Ana fá-lo sentir-se desafiado a encontrar o caminho para o seu coração nada dado a romantismos. Durante um fim-de-semana alternativo, Ana tenta resistir-lhe, se bem que logo percebe que Ruben lhe passa um conforto que a amedronta, que tanto deseja e do qual estupidamente foge.