Abençoada sejas!

Lá no fundo das memórias que quero recordar E não recordo!

Tantas voltas…

Vem ter comigo directamente! Sei que o queres. É esse o teu caminho. É esse o nosso caminho!

De volta a casa!

Foi na solidão que nos encontramos e reconhecemos! E é na solidão que nos reinventamos!

Dia de Lua Cheia

O Natal é uma época de paz, amor e gratidão! Paz de espírito… Amor-próprio e amor ao próximo… Gratidão por tudo o que temos, somos e o todo que a vida nos dá! Então, onde se encaixa a figura do Pai Natal?

A little girl called Wisdom

However, what scared the most was her loneliness. She was always alone, had no friends. The girls her age didn’t want to go out with her and still she was happy. Life was good to her, she was joyful, loving, peaceful. And that was awkward! How could they understand it?

Diz-me como…

Respira fundo!
Perde-te as vezes necessárias
Necessárias até que te encontres.
O encontro…
Esse encontro clarifica as dúvidas
Ajuda a lidar com o medo

A ti, que me esperas!

Quem és tu, afinal?
Onde estás escondido?
Plain sight!

Enigma

Não consigo lutar mais.
Sinto-me tão cansada.
Estou a desligar!
Sinto-me a afundar nestas areias ardentes!

Caminhar para onde me levares

Sou uma ilusão criada por um mente que não existe
Ou será que existe?
Não sei!

Good!

I'm not fire baby.
I'm earth and water.
With that you get clay.
With clay you can build a life.
Clay protects and supports you.
Fire might give you an initial push to begin the journey.
However, when you look back after some footsteps it won't be there anymore.

Amo-te!

E és o que viste em mim quando te olhei e esqueci!

Como é que é? Eu quero!

Pouco tempo levou a que irrompessem pela casa a dentro, brindando cada divisão com uma visita especializada e comentada – “Mudaste a tua cama de sítio!” ou “Aquela fotografia é nova! Quem é?”. Bastaram poucos minutos para perceber porque gosto tanto de estar com crianças. Elas dizem o que querem e pensam com simplicidade e optimismo.

Do silêncio!

A tua voz chamou a minha atenção. A doçura nela desenhou-me um sorriso na face. Foi ele que nos uniu uma vez mais durante poucas horas sentidas em segundos.

Artista natural

Assim que apoiei o meu corpo ansioso na primeira fila pude deliciar-me com o bailado de gaivotas que coreografa quando estende os seus braços refrescantes.

Existência

A flor de lótus dá-lhe força. É uma flor com origem na lama. A busca da luz descobre a sua pureza essencial e desvenda a importância do que somos, em vez de onde nascemos, com quem nos damos ou o que temos.

Sonho

Foi tão real que nem consigo perceber como posso lembrar-me tão nitidamente do olhar, daquele olhar que me sorriu em sonhos. Não consigo perceber!

Amor-perfeito

O encontro entre o mar e as rochas desenhou na areia molhada um coração gigante – sem oscilações, dúvidas e defeitos.

Símbolo de harmonia

símbolo do arco-íris que compõe a alma humana

O ar da minha aldeia

Segundos depois de apreciar o ar da minha terra, ouço um sonoro "Boa noite menina!" acompanhado por um sorriso luminoso. Respondo na mesma medida... é isto de que sinto falta durante a semana!

Assim se concede um desejo!

Ela queria ser o melhor presente de aniversário que o irmão algum dia receberia.

Na crista da onda

Assim que o avistei, acompanhei um voo picado de várias gaivotas.

E o que fazer quando o sol teima em não aparecer?

A primeira coisa é manter o lanço… estava programado tomar o pequeno-almoço na esplanada da praia com os amigos, então seja. Se bem que antes convém vestir um casaco para precaver o frio.

Sentada junto ao mar

Adoro ficar ali numa conversa secreta com ele.

É maravilhoso ficar ali sentada...

o sonho faz parte da vida

Passam a correr. Essa correria transporta-me ao sonho.

Como um guia

Ali, onde eu vejo luto, as crianças vêm beleza; onde eu ouço choro, as crianças ouvem sinceridade; onde eu sinto estranheza, as crianças sentem amor; onde eu critico, as crianças aceitam; onde eu duvido, as crianças acreditam.

Entre olhares

Ele procurava sentar-se bem perto dela, se bem que a ansiedade abanava-lhe as pernas. Apenas os sentimentos de vaidade o seguravam de pé. A impotência une-se aos outros quando se senta uns lugares à sua frente.

A minha sociedade

Vivemos num país que vive das aparências e das exposições mediáticas. Chegamos mesmo a ouvir dizer que “quem não é mediático não é ninguém”.