Tudo bem

escrita criativa, poesia

Sabes, por vezes encontro sentido nesse teu vazio! E é por esse sentido que desisto! Desisto de forçar Desisto de querer que assumas a importância que tenho na tua vida! Tantas vezes senti me senti a mais… E não preciso disso! Não quero ser um peso! E sei que não sou! No entanto, tu sentes que o sou, por isso desisto! Desisto de assumir a tua responsabilidade. Agora, assumo apenas a minha. A minha responsabilidade é ser feliz E quero comigo quem também faz por ser feliz!

Sinto-me perdida

escrita criativa, relatos pessoais, poesia, terapia espiritual, meditação

Cada pedaço de mim, desprovido de sentido, vibra em mim um desassossego colossal! Desassossego inquietante que me serena os sentidos, que me acalma a mente e me entrega à consciência do que crio na vida!

Tantas voltas…

escrita criativa, poesia

Vem ter comigo directamente! Sei que o queres. É esse o teu caminho. É esse o nosso caminho!

Que viagem!

escrita criativa, poesia

Tudo parece apenas uma ilusão! Percorro caminhos escondidos no meio do nada… Um nada repleto do todo que me transporta para os teus braços. E será apenas ilusão Não sei quanto tempo mais consigo viver esta dúvida… Está a consumir-me as forças…

Em silêncio

escrita criativa, poesia

Desculpa! Por vezes, abuso da tua lembrança! Acredita! Abuso mesmo!

Ser

escrita criativa, poesia

Eu quero sentir e penso. Eu quero sorrir e escondo. Eu quero estar perto e fujo. Eu quero não querer. E depois? Continuo a querer sem saber O porquê de assim o ser.

Voz

escrita criativa, poesia

As palavras estão cá… aqui dentro… Dentro de uma singularidade estranha Acordada por um sonho inquietante de Uma voz silenciosa e profunda! E que voz é essa?

Que sentido tem tudo isto?

escrita criativa, poesia

Que sentido tem? Viver como vivemos… Que sentido tem? Ser como somos… O que é isso de viver, de ser? O que é ser isto que sou? Serei eu diferente do que sou quando sou nada disto?

Enigma

escrita criativa, poesia

Não consigo lutar mais. Sinto-me tão cansada. Estou a desligar! Sinto-me a afundar nestas areias ardentes!

Amo-te!

escrita criativa, poesia

E és o que viste em mim quando te olhei e esqueci!